Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2004

A DANÇA

A musica ecoa no ar, e o sangue pulsa desenfreadamente
Em que apenas o compasso se ouve, batendo fortemente
É o chamamento para o mundo louco comandado pelo instinto
Em que o corpo apenas segue aquilo que no momento sinto


E como uma onda que aos poucos toma conta de mim
Movo-me de forma á distância entre nós por um fim
Contagiando teu corpo, com o meu que não consegue parar
Levando-te a pista, doido por comigo dançar!


E os corpos se colam, como duas peças a se encaixar
Marcamos nosso próprio passo, sem nunca parar
É a anca que gira, as mãos que agarram até não largar
Numa dança de sedução, sem falas ou escritas para atrapalhar


E a volta descola o corpo, para com os braços tornar a colar
E enquanto teus ombros giram, meu corpo desce deixandes-o de visionar
A anca mexe sensualmente em torno de ti e voltas-me a puxar
Estou de novo em teus braços, um par nunca consegue deixar de se olhar!


O ritmo abranda, e com as mãos em minhas ancas fazes-me o tronco girar
E bem no meio da volta, tua mão contorna o centro do meu peito para fazer a pista parar
E enquanto seduzes os que envolvem, tua outra mão a minha perna começa a subir
Para na minha cocha encontrar o seu lugar, e de um puxão o teu corpo voltar a sentir


De novo o ritmo que nos faz vibrar enche o salão
E nós de um pulo voltamos ao inicio ao bater desenfreado do coração
E enquanto dançamos, sabemos que somos um do outro, esquecemos a razão
O corpo tem aquela vida própria, que não ouve ninguém, não conhece um não


O fim aproxima-se e não tarda cada um seguira pelo caminho que nos uniu
A musica termina, e de corpos suados a dança vemos acabar e o pano caiu
Mas não sem antes parares meu corpo e lna minha face sentir a tua mão a deslizar
E no meio da descida agarras-me com a força de um latino, para me ires beijar


 


fonte: mundodossonhos.blogs.sapo.pt

publicado por White Lion às 10:43
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 7 de Março de 2005 às 14:07
OLá..Vim aqui para nem sei como, mas fiquei bastante espantada por ver um poema meu aqui postado...Pelos vistos o meu gosto pelo filme dirty dance sempre serviu para alguma coisa :P Um beijo doceMissLadyMystery
(http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:lovespellyou@portugalmail.pt)
De Anónimo a 17 de Dezembro de 2004 às 13:14
Parabéns pelo blog, tem conteudo mt interessante, e demonstras mm uma enorme paixão pela dança, continua a partilhar essa paixão com todos, volta sempre ao meu blog e se me linkares avisa para te linkar tb =)Siqetesh
(http://innerme.blogs.sapo.pt)
(mailto:siqetesh@hotmail.com)
De Anónimo a 16 de Dezembro de 2004 às 15:06
já agora n te eskeças de te registar no www.dancadesportiva.comeu
</a>
(mailto:pikitita@sapo.pt)
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2004 às 18:45
mt lindo.. gostei mt =pverdinha
(http://www.osmeussegredos.blogs.sapo.pt)
(mailto:verde_girl@hotmail.com)
De Anónimo a 15 de Dezembro de 2004 às 14:52
Este poema demonstra como é bom dançar.White Lion
(http://dancadesalao.blogs.sapo.pt)
(mailto:whitelion@sapo.pt)

Comentar post